Conhecendo um pouco sobre o que é a Caldeiraria.


Muitos tem dúvidas sobre o que é caldeiraria, minha própria mãe esses dias perguntou se eu trabalhava com caldeirão, brincadeiras a parte, nesse artigo vou ilustrar alguns pontos importantes para se conhecer o básico sobre caldeiraria, uma das profissões mais antiga que existe. Origens da Caldeiraria As origens da caldeiraria são muito antigas. Podemos supor que remontam à antiguidade, quando os escudos e as armaduras dos guerreiros eram peças executadas por meio de martelamento. Até o seculo XII, os artesãos que conformavam os utensílios de cobre e principalmente de latão, como vasos, vasilhas e artigos decorativos, trabalhavam com martelo e foram precursores da latoaria ou funilaria. A história da latoaria ou funilaria esta ligada às antigas "corporações de ofício da Idade Média". Na França, por exemplo, a partir de 1327 os latoeiros recebem a denominação de Caldeireiros. Por volta de 1820, os próprios caldeireiros começaram a construir os equipamentos necessários para utilização industrial das propriedades do vapor de água, favorecendo assim o progresso da indústria. Todavia, somente após o descobrimento do aço de baixo teor de carbono obtido em fornos tipo Bessemer e Thomas, é que os trabalhos de caldeiraria em ferro alcançaram grande difusão, até igualar e depois superar a caldeiraria em cobre. Nasce então, a caldeiraria industrial ..... fazendo equipamentos jamais sonhados pelo homem. Um exemplo disso é a maior escavadeira do mundo Posteriormente, o descobrimento e a fabricação industrial do alumínio, do magnésio e das ligas leves, deram lugar a um novo ramo da caldeiraria: o dos metais de ligas leves. Com o surgimento dos aços inoxidáveis no mercado, em 1915, criou-se outro campo de trabalho dentro da caldeiraria: a caldeiraria em aço inoxidável. Este campo que atualmente trabalha com titânio e tântalo, é muito importante pois abrange numerosas industrias, especialmente a química, a aeronáutica e a espacial. Divisões da Caldeiraria A diversidade de metais trabalhados na caldeiraria e suas diferentes espessuras, originaram a divisão do oficio em quatro tipos: Funilaria/Chaparia - trabalho com aço com baixo teor de carbono, cobre, latão e alpaca, cuja espessura raramente ultrapassa 1 milímetro. Chaparia - trabalho com todos os metais e ligas de espessura inferior a 3 milímetros. Caldeiraria leve e média - trabalho com aço de baixo e médio teor de carbono, com espessuras de no máximo 10 milímetros. Caldeiraria pesada - sendo todos os trabalhos acima de 10 milímetros de espessura e com vários tipos de aço e ligas. A caldeiraria empreende trabalhos variados para as industrias em diversas áreas: Depósito de água, álcool e produtos químicos; Vasos de pressão e recipientes de gases liquefeitos; Vagões de carga ferroviária; Gasômetros; Fornos; Torres de evaporação e tubulações para refinarias de petróleo; Recipientes para gelo e tubulações na indústria frigorífica: Equipamentos para industria química e farmacêutica; Caldeiras; Equipamentos Offshore e Subsea; Equipamentos destinados a navios, bem como a sua construção; Corpos de turbina; Equipamentos aeroespacial; Equipamentos siderúrgicos; Corpo de Turbina - Hidroelétricas; Tanques de armazenamento - Produtos químicos; Jumper 3D - Equipamento Tubular Subsea; Plataformas - Exploração de Petróleo e Gases; Boia Flutuante - Equipamento Subsea; Panelas para transporte de Aço Liquido e equipamentos de exaustão; Fonte: Linkedin